Divulgação

Projeto que prevê a concessão de um 14º salário pelo INSS tem andamento no Congresso. Nessa semana, a Comissão de Finanças e Tributação aprovou o texto que tem como objetivo liberar uma parcela extra para os aposentados e pensionistas. A proposta já vem sendo debatida a meses. Acompanhe seu andamento.

 

A concessão de um 14º salário pelo INSS tem sido cada vez mais recorrente no governo. Parlamentares e demais agentes políticos estão pressionando o presidente Jair Bolsonaro para aprovar o pagamento. O abono teria o mesmo valor pago mensalmente aos segurados, sendo repassado em dezembro.

Detalhes sobre o 14º salário do INSS

Pelo andamento do projeto de lei, com a aceitação da comissão de finanças e também pela comissão de seguridade social e família da casa, o texto agora será encaminhado para demais grupos no Congresso.

Seu relator, o deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE), e os deputados favoráveis à proposta, afirmam que o abono é necessário diante do atual momento de crise onde há grandes vácuos nos repasses do INSS.

“Infelizmente são pessoas que, em sua maioria, já não tem capacidade laboral para poder recompor seu sustento por meio de trabalho e que veem sua capacidade de consumo ser reduzida todos os meses pela chegada da inflação”.

“Nesse contexto, o presente Projeto de Lei visa exatamente proporcionar um benefício temporário para esse grupo tão fragilizado da população“, justificou.

Deixe o seu Comentário