Divulgação: PRF

Nesta segunda-feira, 26, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de R$ 200 mil em produtos transportados sem nota fiscal e prendeu um homem de 38 anos por uso de documento falso. O caso foi registrado na BR-153 em Colinas do Tocantins.

Os produtos foram encontrados depois que os agentes da PRF pararam um caminhão onde estavam três homens. Todos os três alegaram serem motoristas do veículo, mas um deles apresentou uma carteira de habilitação falsa.

O homem confessou que não é habilitado e informou que comprou a CNH falsa no interior do Maranhão para trabalhar como motorista de caminhão. Depois da prisão o s agentes também foram verificar a carga do caminhão e encontraram diversas caixas com vários tipos de produtos.

Foram encontrados 46 celulares, muitos aparelhos eletrônicos e mais de 438 perfumes e cosméticos. Segundo a PRF, toda a carta foi importada ilegalmente e não possuía nota fiscal. Os suspeitos alegaram que embarcaram a mercadoria em São Paulo e levariam os itens Imperatriz (MA), onde seriam vendidos.

Todos os três homens foram levados para a delegacia e autuados por crime de crime de descaminho e contrabando. O motorista de 38 anos também vai responder por uso de documento falso. Toda a carga foi apreendida.

Deixe o seu Comentário