15 de julho de 2024 05:05

Palmas

MPTO questiona Prefeitura de Palmas sobre falta de profissionais da Saúde após exonerações

Publicados

sobre

MPTO questiona Prefeitura de Palmas sobre falta de profissionais da Saúde após exonerações
O promotor responsável definfiu um prazo de 24h para a Prefeitura responder - Foto: Marcelo de Deus/MPTO
Energisa

Palmas – O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio da 19ª Promotoria de Justiça da Capital, oficiou a Secretaria de Saúde de Palmas nesta segunda-feira, 8, pedindo esclarecimentos sobre a falta de profissionais nas unidades de saúde após demissões em massa recentes.

Prazo para resposta 

O promotor Thiago Ribeiro Franco Vilela estabeleceu um prazo de 24 horas para que a Secretaria de Saúde se pronuncie sobre a questão. No Diário Oficial do Município do dia 5 de julho, foram registradas mais de 250 exonerações de profissionais da área da saúde.

Impactos das demissões 

De acordo com o promotor de Justiça, a ação foi motivada por denúncias sobre deficiências na prestação de serviços de saúde e os impactos negativos no atendimento aos usuários devido à carência de profissionais qualificados.

Anúncio

Mais Vistos da Semana