29 de fevereiro de 2024 09:51

Tocantins

Naturatins recolhe 3,5 mil metros de redes em rios da área do Cantão durante período da piracema

Publicado em

Naturatins recolhe 3,5 mil metros de redes em rios da área do Cantão durante período da piracema

Para assegurar a reprodução dos peixes no período da piracema, que começou em 1º de novembro e segue até 28 de fevereiro, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), por meio de suas equipes de fiscalização, desenvolve a Operação Malha Fina. A última ação começou no dia 14 de novembro e foi concluída nesta segunda-feira, 20, tendo recolhido 3,5 mil metros de redes, 30 anzóis de capturar tartaruga, uma arma de fogo calibre 28, duas munições intactas de calibre 28, uma espingarda de pressão 5,5 com munição de latão, quatro tarrafas e sete tartarugas, que foram devolvidas para a natureza.

Realizada no período de 14 a 20, a fiscalização percorreu os municípios de Santa Maria das Barreiras, Araguacema, Goianorte e Couto Magalhães com objetivo de coibir a caça e pesca predatória nos rios Araguaia, Caiapó, Bananal e Piranhas. Conforme o fiscal ambiental Jusley Caetano, as ações foram realizadas pela equipe chefiada por ele e por servidores da Área de Proteção Ambiental (APA) Ilha do Bananal/Cantão.

Leia Também:   Fim da piracema! Entenda as regras para voltar a pescar no Tocantins

Colônia de Pescadores

 O início das ações da Operação Malha Fina coincide com o encerramento das ações de orientação ambiental realizadas em colônias de pescadores para sensibilizar estes profissionais quanto à importância do período da piracema (defeso). Na última semana, a fiscalização do Naturatins conversou com mais de 1.100 pescadores em colônias localizadas nos municípios de Barra do Ouro, Tocantinópolis, Aguiarnópolis, Santa Fé, Xambioá, Araguanã, Palmas, Taquari, Taquaralto, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Lajeado, Miracema, Pedro Afonso, Palmeirante, Couto Magalhães, Pau D’Arco, Babaçulândia e Filadélfia.

Segundo o gerente da Fiscalização do Naturatins, Cândido Neto, o trabalho consiste em orientar os pescadores quanto à importância de se observar o período da piracema (defeso) para garantir a reprodução das espécies e, dessa forma, assegurar a renovação dos estoques pesqueiros.

O período da Piracema encontra-se estabelecido na Portaria do Naturatins nº 155/2023, publicada no Diário Oficial nº 6441 de 31 de outubro de 2023.

 Denúncia

O Naturatins disponibiliza o canal Linha Verde para denúncia de crime ambiental, com atendimento de segunda a sexta-feira, durante expediente do serviço público estadual do Tocantins, por meio do telefone Linha Verde 0800 063 11 55, de mensagem pelo Verde Zap (63) 99106-7787, e via internet, no Portal de Serviços do site do Instituto (www.naturatins.to.gov.br).

Envie sugestões de pauta ou denúncia para o WhatsApp do Jornal Sou de Palmas: (63) 992237820

Deixe o seu Comentário

Anúncio

Mais Vistos da Semana