29 de maio de 2024 00:32

Saúde

Vistoria no HGP: Ministério Público do Tocantins apura que há falta de medicamentos e funcionários

Publicado em

Vistoria no HGP: Ministério Público do Tocantins apura que há falta de medicamentos e funcionários

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), realizou nesta semana, várias vistorias no Hospital Geral de Palmas (HGP), especificamente no setores de oncologia e UTI pediátrica. As ações apuraram que há falta de medicação, falta de medicação, materiais e insumos, necessidade de contratação de profissionais, e alimentação inadequada.

As fiscalizações aconteceram na terça-feira (24), no setor de oncologia, e na quinta-feira (26), na UTI pediátrica. O promotor de Justiça Thiago Ribeiro, com experiência na área da saúde, foi o responsável pela visita ao HGP.

No setor de oncologia, o promotor verificou que há a necessidade de contratação de profissionais para atender a demanda de pacientes.

Chegando à farmácia, foi registrado que havia a falta de, no mínimo, oito medicamentos que são aplicados em pacientes que realizam quimioterapia, e também foi constatado que as cadeiras que os pacientes utilizam para tomar medicação, se encontram em estado precário.

A qualidade da alimentação prestada pela empresa terceirizada também foi questionada pelo promotor. A comida servida nos dois setores foi considerada inadequada por não cumprir a dieta estabelecida.

Próximas ações

O promotor de justiça vai fazer uma audiência administrativa nesta sexta-feira (27), com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Felinto, e gestores da Secretaria e do HGP,  para solicitar que ações sejam realizadas para resolver os problemas apurados.

 

Deixe o seu Comentário

Anúncio
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conecte-se

Deixe uma resposta

Mais Vistos da Semana