Divulgação

O serviço de psicologia do Hospital Geral de Palmas (HGP) está usando uma técnica inovadora para pacientes internados na Unidade Covid-19. Conhecida como EMDR (Eye Movement Desensitization and Reprocessing) que significa ressensibilização e reprocessamento por meio dos movimentos oculares busca levar relaxamento e diminui a ansiedade do paciente hospitalizado, em sessões que duram de 15 a 20 minutos.

“É uma ferramenta que segue vários protocolos para trabalhar outros distúrbios como traumas, lúpus, depressão, entre outros. No caso do paciente com Covid estou utilizando somente o protocolo que trabalha o relaxamento, um recurso positivo para diminuir a ansiedade. O estresse e a ansiedade atrapalham o sono e a técnica ajuda nisso”, declarou a psicóloga e responsável pelas aplicações, Monica Cândido Fontes.

A responsável pelo setor de psicologia do HGP, Núbia Alencar destaca que é uma maneira de proporcionar um suporte ao paciente neste momento tão delicado de saúde. “Nosso foco é o bem – estar do paciente, o que pode auxiliar no seu processo de recuperação. O psicólogo inserido no contexto hospitalar colabora com a promoção da humanização, transformação social e a melhoria da qualidade de vida”, informou.

Sobre a técnica

A técnica desenvolvida nos Estados Unidos, no final dos anos 80 pela Dra. Francine Shapiro, permite a estimulação dos hemisférios cerebrais, onde as lembranças dolorosas são armazenadas.

Deixe o seu Comentário