23 de julho de 2024 03:17

Plantão Policial

Prisões em Araguaína: Homens são detidos por violar medida protetiva de urgência

Publicados

sobre

Prisões em Araguaína: Homens são detidos por violar medida protetiva de urgência
Energisa

A Polícia Militar, através da Patrulha Maria da Penha, efetuou a prisão de dois homens, de 23 e 54 anos, no último sábado, dia 1º, nos bairros Setor Itapuã e Vila Norte, respectivamente, em Araguaína. Eles foram detidos por descumprimento de medida protetiva de urgência.

Após receberem um chamado pelo Sistema Integrado de Operações – SIOP, a equipe se deslocou até o Setor Itapuã, contando com o apoio da guarnição do Comandante de Policiamento da Unidade. No local, uma testemunha de 72 anos informou que possuía uma medida protetiva de urgência em favor da vítima, uma mulher de 61 anos. Segundo a testemunha, o acusado de 23 anos, neto dela, estava na residência desrespeitando a medida. O suspeito foi localizado e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

No mesmo dia, durante uma visita a outra vítima com medida protetiva de urgência, a equipe da Patrulha Maria da Penha se dirigiu ao bairro Vila Norte, onde avistaram o suspeito de 54 anos na casa de sua mãe, que é vizinha da vítima. Ao ser questionado, o acusado afirmou ter conhecimento da medida protetiva, mas alegou fazer visitas regulares à mãe, com restrições físicas e precisa de apoio.

A vítima relatou que solicitou a medida protetiva de urgência devido a um caso de abuso sexual de uma criança de 7 anos envolvendo o acusado. No dia do incidente, a criança foi levada ao Hospital Regional de Araguaína, onde a ginecologista confirmou o abuso sexual. Em seguida, foi registrado um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil e realizado um exame de corpo de delito.

Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos e apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Araguaína, onde foram autuados por descumprimento de medida protetiva. As visitas realizadas pela Patrulha Maria da Penha pretendem garantir o cumprimento das medidas protetivas de urgência.

Envie sugestões de pauta ou denúncia para o Whatsapp do Jornal Sou de Palmas: (63) 992237820

Anúncio
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conecte-se

Deixe uma resposta

Mais Vistos da Semana