Divulgação

A Polícia Militar Ambiental prendeu um grupo suspeito de praticar caça ilegal em Arraias, na região sudeste do Tocantins. Os quatros homens foram localizados com armas e carne de animais silvestres. De acordo com os militares, a equipe estava fazendo ações do projeto Foco no Fogo na região de Mimoso, na zona rural da cidade, quando foram informados da ocorrência.

Os militares foram até o local indicado e flagraram quatro homens, todos moradores de Brasília (DF). Eles foram encontrados com três espingardas, uma pistola e uma grande quantidade de munições.

Os suspeitos ainda estavam com a carne de animais silvestres abatidos. Foi possível identificar um veado, uma ave jaó e uma cotia. Um motosserra sem licença também foi apreendida.

As prisões foram feitas com apoio Força Tática da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). Os homens foram conduzidos até a central de flagrantes de Arraiais, onde foram autuados em flagrante porte ilegal de arma de fogo, crime ambiental e formação de quadrilha.

A PM ainda fez autos de infração por crime ambiental totalizando R$ 11 mil em multas.

Foco no Fogo

O projeto Foco no Fogo é uma ação que envolve diversos órgãos do estado para levar informações sobre educação ambiental e orientações sobre prevenção, controle e combate às queimadas. As ações são realizadas nas zonas rurais de diversos municípios do estado.

Deixe o seu Comentário