13 de junho de 2024 06:56

Plantão Policial

Pesca ilegal: homem é preso após ser flagrado com 760 kg de peixes pescados por indígenas na região da Ilha do Bananal

Publicados

sobre

Pesca ilegal: homem é preso após ser flagrado com 760 kg de peixes pescados por indígenas na região da Ilha do Bananal

Na madrugada desta sexta-feira (25), equipe do Batalhão de Polícia Militar Ambiental prendeu um homem de 43 anos e apreendeu 760 kg de pescado em Formoso do Araguaia. Conforme os policiais, os peixes teriam sido pescados por indígenas na região da Ilha do Bananal e repassados para o suspeito, que seria comerciante em Palmas.

Segundo a polícia, a prisão ocorreu após uma solicitação do Ministério Público Federal (MPF) e da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) para atender uma denúncia anônima de que indígenas estariam comercializando pescados para um comprador de capital.

A equipe policial conseguiu localizar o suspeito em uma propriedade rural no município de Formoso do Araguaia, próximo ao rio Javaés. Com ele foi encontrado o carregamento de peixes de espécies como tucunaré, pintado e surubim, na carroceria de uma caminhonete.

A pesca predatória em todo o estado está proibida desde o dia 1º de novembro por causa da piracema. A medida segue até 28 de fevereiro de 2023. Neste período está permitida apenas a pesca esportiva e de subsistência praticada por ribeirinhos e indígenas, por exemplo.

A suspeita da polícia é de que o homem, que é dono de uma peixaria em Palmas, teria repassado uma caminhonete para os indígenas e estaria recebendo o pagamento em peixes para revender na capital. Esta não foi a primeira vez que ele foi flagrado com peixe na região.

O suspeito foi autuado administrativamente com multa de R$25.000,00 e levado para a central de flagrantes da Polícia Civil de Gurupi. O pescado foi periciado e ficou à disposição da delegacia para a destinação correta.

Se os peixes ainda tiverem boas condições poderão ser doados. Caso contrário, devem ser descartados em aterro sanitário.

Envie sugestões de pauta ou denúncias para o WhatsApp do Jornal Sou de Palmas: (63) 9 9223-7820

Anúncio
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conecte-se

Deixe uma resposta

Mais Vistos da Semana