24 de maio de 2024 13:37

Plantão Policial

Integrante de facção criminosa, conhecido como “Latrô”, é condenado a 14 anos de prisão por homicídio qualificado em Colinas do Tocantins

Publicado em

Integrante de facção criminosa, conhecido como

Em Colinas do Tocantins, Leandro Castro de Souza, também conhecido como “Latrô” (alusão ao crime de latrocínio), foi condenado a 14 anos de prisão pelo Tribunal do Júri. Ele foi considerado culpado por homicídio qualificado de Talles Brasil, que foi atraído a um local e morto em uma emboscada com três tiros.

O crime aconteceu em 2018, quando “Latrô” recebeu ordens para executar seis pessoas de facções criminosas rivais. A vítima e o réu eram membros da mesma facção, e o crime foi motivado por uma dívida de drogas. A vítima foi enganada ao pensar que eles iriam confrontar membros da facção rival.

De acordo com a denúncia, além do homicídio, o réu tentou matar outras duas pessoas. A escalada de violência só foi interrompida com a atuação conjunta das polícias civil e militar, conforme informado pelo promotor de Justiça, Caleb de Melo.

Essa é a segunda acusação contra “Latrô” em Colinas, onde ele também enfrenta um processo de tráfico e roubos.

Deixe o seu Comentário

Anúncio
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conecte-se

Deixe uma resposta

Mais Vistos da Semana