SEBRAE 728X90  

”Suspeito ameaçou contaminar os policiais com HIV”, alega PM ao se manifestar sobre vídeo polêmico em Tocantinópolis 

Após a repercussão de um vídeo de uma abordagem policial em Tocantinópolis, nesta quarta-feira (21), a Polícia Militar do Estado emitiu uma nota se posicionando sobre o ocorrido.

No texto, o órgão de Segurança Pública informou que, no primeiro momento, o suspeito se recusou a parar o veículo e saiu em alta velocidade por uma via movimentada da cidade. Em seguida, os policiais conseguiram fazê-lo parar, entretanto, o indivíduo se negou a sair do carro e por isso as militares tiveram que utilizar força física.

Além disso, segundo a PM, o acusado tentou morder os agentes alegando que teria HIV e iria contaminá-los, após o episódio os policiais o contiveram e o algemaram.

Ainda no documento, a Polícia ressaltou que não compactua com qualquer tipo de desvio de conduta ou cometimento de excessos por parte de seus policiais e está apurando a conduta dos militares.

Confira a nota na íntegra: 

Na manhã de hoje, 21, por volta das 10h40, a equipe avistou o indivíduo e tentou abordá-lo, na Avenida Nossa Senhora de Fátima, utilizando de sinais sonoros e luminosos, no entanto, o suspeito saiu em disparada pela via movimentada, não obedecendo à ordem de parada, causando risco iminente aos condutores e transeuntes.
A Guarnição acompanhou o veículo e após diversas manobras o veículo finalmente parou. Durante a abordagem o suspeito negou-se a descer do veículo e os policiais tiveram que utilizar do uso de força proporcional para que o homem saísse do automóvel.
Neste momento, o suspeito tentou morder os militares e em uma tentativa de ameaça de contágio, informou ser portador do vírus HIV. Os policiais o contiveram e o algemaram.
Durante uma busca veicular, os policiais localizaram, debaixo do banco do passageiro, uma embalagem contendo aproximadamente 56 gramas de uma substância análoga à maconha. O autor foi conduzido à Central de Flagrantes onde foi apresentado, juntamente com o entorpecente. O suspeito não possuía CNH, e o veículo não estava de acordo com o CTB, por isso foi conduzido e retido no pátio da 5ª CIPM. 
A Polícia Militar informa ainda que no último sábado, dia 17, o autor, após fazer uso de bebida alcoólica, em um balneário da cidade, agrediu um frequentador do balneário, causando-lhes lesões pelo corpo. A Polícia Militar compareceu ao local, efetuou a prisão do acusado onde foi instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO. 
Vale lembrar que a Polícia Militar não compactua com qualquer tipo de desvio de conduta ou cometimento de excessos por parte de seus policiais e está apurando a conduta dos militares.

 

 

Deixe o seu Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais