14 de abril de 2024 23:46

Cotidiano em destaque

Ação que salva vidas: Saúde realiza programação especial durante mês de incentivo à doação de leite humano no TO

Publicado em

Ação que salva vidas: Saúde realiza programação especial durante mês de incentivo à doação de leite humano no TO
A equipe do Banco de Leite Humano (BLH) orienta sobre as coletas - Foto: André Araújo/Governo do Tocantins

Uma pequena doação pode ser muito significativa e salvar a vida de um bebê. Neste mês de maio, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) realizará programação especial em comemoração ao Mês de Doação de Leite Humano. As ações coordenadas pela Rede Tocantinense de Bancos de Leite Humano (RBLH) serão feitas em todo Estado e tem o objetivo de orientar mães, sobre a importância da doação de leite e capacitá-las para realizar a doação.

Segundo a coordenadora do Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos (HMDR), Walkíria Pinheiro, a participação das mães é primordial para a realização da programação. “Nós organizamos uma agenda que contempla as regiões sul, norte e central do nosso Estado, a fim de que todos estejam envolvidos nas ações. Neste mês, queremos reforçar e orientar sobre como a doação pode salvar e melhorar a qualidade de vida de tantos bebês”, afirma.

A mamãe da pequena Valentina, Rute Gonçalves Gomes, conta que o leite materno tem sido essencial para o desenvolvimento da sua filha. “A minha bebê, nasceu com 28 semanas e dois dias, e eu acho importante estimular tirar o leite, para que minha filha possa receber o leite materno e se desenvolver. O leite tem muitos nutrientes e possui uma importância grande para ela e servirá para que possamos sair o rápido possível do hospital”, ressalta.

Leia Também:   IPCA: preços sobem 0,16% em março, com alta mais branda de alimentos

Doação de leite no Tocantins

Conforme dados da RBLH estadual, em 2021 foram realizados 44.045 atendimentos, 3.776 visitas domiciliares, 2.637 doações, 2.095 bebês atendidos (receptores), 2.632 litros de leite humano coletado e 1.780 litros leite distribuídos.

Até março de 2022, já ocorreram 9.510 atendimentos, 948 visitas domiciliares, 719 doadoras, 532 bebês atendidos (receptores), 639 litros de leite humano coletado e 386 litros de leite distribuídos.

Programação

Serão realizadas atividades em todo o Estado, a fim de trazer esclarecimentos sobre a importância da doação de leite e como ela deve ser feita.

04/05 – Roda de conversa em Unidade de Saúde e BLH na rádio: “Que leite é esse?”, Palmas e Gurupi;

10/05 – Disponibilização da campanha nos computadores do Hospital Tia Dedé, em Porto Nacional;

10/05 – Roda de conversa em Unidade de Saúde e BLH na Rádio: “Que leite é esse?”, em Palmas e Gurupi;

12/05 – Roda de conversa em Unidade de Saúde BLH na Rádio: “Que leite é esse?”, em Palmas e Gurupi;

16/05 – 16 a 19, homenagem às doadoras do Posto de Coleta do Hospital Tia Dedé, em Porto Nacional;

Leia Também:   ARTIGO | OS SEUS HERÓIS NÃO VÃO TE SALVAR

17/05– Palestra na Unidade de Saúde João Manoel, em Gurupi e palestra no município de Aliança;

18/05 – Roda de conversa na Unidade de Saúde da 503 Norte e 1103 Sul (Semana do Bebê, em Palmas), BLH na Rádio: “Que leite é esse?” e Dia D de doação de Leite materno nos setores do Hospital Regional de Gurupi; roda de conversa na Unidade Básica de Saúde (UBS) Naná Prado, em Porto Nacional; Dia D da Doação de leite materno no Hospital Dom Orione e café da manhã e brindes para as mães nutrizes, em Araguaína;

19/05– Seminário Nacional de Doação de Leite Humano, em todo o Brasil; mural e homenagem para as doadoras no BLH de Gurupi e roda de conversa com gestantes na UBS, em Araguaína

25/05 – Roda de conversa Unidade de Saúde, em Palmas e BLH na Rádio: “Que leite é esse?”, em Gurupi;

27/05 – Seminário Estadual de Doação de Leite Humano, em Palmas.

Como doar

Para realizar a doação, a mãe não pode estar tomando medicamentos que impeçam a doação, não consumir drogas ou bebida alcoólica e não fumar mais de 10 cigarros por dia. O Hospital se encarrega de pegar o leite doado na residência das mães cadastradas, sempre que for necessário.

Leia Também:   Decisão de júri popular é anulada pelo STJ no caso do empresário acusado de ser mandante de morte em Porto Nacional; relembre

As interessadas podem solicitar a visita através do telefone 0800 646 8283 ou 3218-7734.

Unidades e pontos de coletas do Banco de Leite

Centro de Referência para Bancos de Leite Humano do Tocantins – Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos – Endereço: ACNE 1, Conj. 04, Lote 36/38, -Palmas – TO, Telefone: (063) 3218-7734. Unidade aberta 24 horas.

Banco de Leite Humano – Hospital Dom Orione – Endereço: Rua Dom Orione, Nº 100 – Centro, Araguaína – TO, Telefone: (63) 3411-8787 ramal 2358.

Banco de Leite Humano – Hospital Regional de Gurupi – Endereço: Rua Presidente Juscelino Kubitscheck, Nº 1541 – Setor Central – Gurupi – TO, Telefone: (63) 3315-0258.

Posto de Coleta de Leite Humano Dona Marly do Hospital Materno Infantil Tia Dedé. Endereço: Rua Raquel de Carvalho, Nº 143, Jardim Brasília – Porto Nacional – TO, Telefone: (63) 3363-8301.

Posto de Coleta de Leite Humano Hospital Regional de Paraíso, Rua 03 Quadra 02 Lotes 01 ao 19, Setor Aeroporto, Paraíso do Tocantins – TO, Telefone: (63) 3904-1200 e 3904-1200.

Deixe o seu Comentário

Anúncio


Mais Vistos da Semana