Câmara dos Deputados do Chile aprova abertura de impeachment de Sebastián Piñera


source
Sebastián Piñera, presidente do Chile
Cesar Itiberê/PR

Sebastián Piñera, presidente do Chile

A Câmara dos Deputados do Chile aprovou nesta terça-feira (9) a abertura do impeachment do presidente Sebastián Piñera . O motivo é o envolvimento do chefe do Executivo com a venda de uma empresa mineradora nas Ilhas Virgens, um paraíso fiscal. O caso faz parte das descobertas do Pandora Papers.

A Câmara reuniu os 78 votos necessários para a abertura do processo. Para que o impeachment avance no Senado, é preciso dois terços dos votos favoráveis ao afastamento. Caso passe nas duas casas, Piñera será retirado do cargo e ficará impossibilitado de exercer funções públicas pelo período de cinco anos.

Documentos revelados pelos Pandora Papers  revelam que Piñera teria cometido ter irregularidades ao vender a Dominga, uma empresa de mineração do presidente chileno ao empresário Carlos Alberto Délano. O negócio teria ocorrido em 2010, durante o primeiro mandato de Piñera como presidente do Chile.

Fonte: IG Mundo

Deixe o seu Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais