Divulgação

Morreu na noite desta segunda-feira, 20, a atriz e comediante Marina Miranda, aos 90 anos. Ela estava internada em estado grave desde domingo, 19, no Centro de Emergência Regional do Leblon, no Rio de Janeiro, sendo posteriormente transferida para o hospital público Miguel Couto. A informação foi confirmada à imprensa pela filha da artista, Sylvia Miranda, nesta terça, 21.

 

Marina ficou conhecida do público por personagens ligados ao humor, como Dona Charanga, na Escolinha do Professor Raimundo, e Crioula Difícil, em Balança, Mas Não Cai, além do par romântico com Tião Macalé em Os Trapalhões. Ela também integrou as novelas Dona Xepa (1977) e O Dono do Mundo (1991), além da minissérie Tenda dos Milagres (1985).

A atriz, que sofria de Alzheimer, estava com infecção urinária e tuberculose, conforme informado por sua filha na tarde de segunda, 20. Na publicação sobre o estado de saúde da mãe, Sylvia Miranda sinalizou que ela se encontrava em coma e o quadro clínico era considerado irreversível, mas que a família tentava transferir a artista para um hospital particular. Ela faleceu horas depois.

Deixe o seu Comentário