O Corpo de Bombeiros Militar está em luto. Na tarde desta sexta-feira, 22, no extremo norte do estado, veio a óbito o subtenente Lee Van Gordam Creyfe Duarte de Oliveira e Sousa. Gordam, assim chamado pelos amigos e colegas de farda, tinha 43 anos de idade e estava nos quadros da corporação desde 2001.

O Subtenente Gordam atuava na 3ª Companhia de Bombeiros Militar, em Araguatins, ligada ao 2º Batalhão, de Araguaína.

A morte de Gordam pegou a todos de surpresa, já que ele estava bem de saúde e até se preparava para a próxima etapa da seleção que está sendo ministrada pelo CBMTO, para o Curso de Habilitação de Oficial de Administração (CHOA). Um exame feito por ele nesta quinta-feira, 21, em Imperatriz, teria dado negativo.

Contudo, por volta das 13h, desta sexta, em Araguatins, ele foi encontrado caído, e foi socorrido imediatamente, sendo levado para um hospital em Augustinópolis. A morte do militar foi informada por volta das 17h25.

Gordam era divorciado e pai de dois filhos.

Em todos os grupos de bombeiros militares, os colegas lamentaram profundamente a perda do amigo, colega e guerreiro. O capitão Silvano Lopes, comandante da 3ª Companhia, afirmou que “perdemos um grande irmão, que tinha toda nossa admiração”.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Carlos Eduardo de Souza Farias, teceu palavras de elogios ao subtenente, lembrando da dedicação às funções exercidas por Gordam.

“Era um militar honrado e dedicado. Sempre teve muitos amigos, não só no CBM, mas fora da corporação. Era um bombeiro cumpridor de suas funções e infelizmente, a instituição perde muito com o falecimento do subtenente. Rogamos a Deus que receba-o de braços abertos e conforte a família pela grande perda”, concluiu o comandante Farias.

Deixe o seu Comentário

FINAL DA MATÉRIA